12112236_894972860539961_6806880128467559671_n

O American Space Casa Thomas Jefferson trabalha em parceria com a Embaixada dos Estados Unidos e outros Centros Binacionais no Brasil para implementar o projeto  “Achieving 21st Century Skills”. Além de trazer o movimento do fazer (importante conceito da cultura americana) para dentro dos centros, o projeto tem também o objetivo de criar sinergia entre os departamentos cultural e acadêmico, Resource Center e EducationUSA. Muitas vezes, temos nos American Spaces exposições que tratam de assuntos como meio ambiente, preservação, tolerância, etc. Esses temas estão relacionados à missão dos Estados Unidos no Brasil. As exposições e eventos culturais que já acontecem nos American Spaces podem ser oportunidades interessantes para estimular pessoas a participarem do movimento do fazer, colocar a mão na massa e sentir-se parte de uma comunidade dentro da escola para aprender uma habilidade nova e interagir de maneira autêntica e divertida. Veja abaixo um exemplo de como uma exposição de arte se tornou ponto de partida para uma atividade ‘maker’ (extracurricular) em um American Space.

Overview:

As artistas Hermidia Metzler e Marrcia Mazzoni exibem o trabalho “Metamorfose da Matéria” na Galeria de Arte da Casa Thomas Jefferson e se propõem a trabalhar junto com a comunidade no programa “Criação de Soluções”. O programa tem o objetivo de abrir espaço de estímulo à criatividade por meio de encontros para apreciar arte e, assim, abrir discussões sobre desafios do mundo moderno e criação de objetos funcionais ou decorativos usando o que se tem, em vez de se comprar tudo pronto. O “Criação de Soluções” seria o primeiro programa, mas a ideia não é fazer somente um encontro e, sim, reunir um grupo para aprender em conjunto de forma bem prática. Os conhecimentos vão desde técnicas básicas até as mais diferentes e elaboradas – de acordo com o interesse e motivação do grupo. Bordado, origami, batik, crochê, customização de roupas, macramê e circuitos vestíveis são alguns dos tópicos previstos, sempre contando com a parceria de artistas que geralmente expõem na galeria. Além de aprender as técnicas, os participantes mais iniciantes nesse universo vão ganhar uma nova forma de olhar para o mundo, buscando dar outro significado aos objetos ao seu redor e até ver beleza em itens que poderiam ser descartados. Os que já desenvolvem projetos nessa linha vão ganhar um espaço de convívio e de troca com outros amantes dos trabalhos manuais. Experts e iniciantes são bem-vindos e esperamos que todos possam aprender muito uns com os outros – e estimulados por artistas e facilitadores.

A Oficina – passo a passo

Planejamento:

5’ – Conte uma historia sobre a viagem de cientistas do instituto Smithsonian para Curaçao e o mar de plástico encontrado por eles para trabalhar a conscientização das escolhas de produtos para consumirmos e de como descartamos lixo. Ocean Trash: Marine Debris From Shore To Sea

15´ – Incentive os participantes a visitarem o site Ecosytem on the Edge para calcularem o impacto que suas escolhas de consumo causam ao meio ambiente. http://www.n-print.org/sites/n-print.org/files/footprint_java/index.html#/home

2 horas – Oficina Mão na Massa – Momento para usar a criatividade e usar sucata para criar produtos bonitos que realmente despertem o interesse do público em colaboração com artistas e/ou makers locais.

 

 

 

Leave a Reply